quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A Teia da Esperança - Isabel Gouveia

Postado por Beli às 12:31
A Teia da Esperança

A teia tecida
nas noites de esperança,
rasgada e ferida,
segue a nossa andança.

E juntos, mãos dadas,
olhamos pra ela,
vontades paradas,
quais barcos sem vela.

Amigo, que o braço
cansado de tédio
ergamos no espaço!
É esse o remédio.

Depois de cerzidas,
não ficam marcadas
profundas feridas
em teias rasgadas!

Isabel Gouveia, in "Poemas Vários (1950-1975)"

4 Engraçadinhos:

Chica disse...

Lindo poema,beli!um beijo e tudo de bom,chica

Calambur disse...

Cada rede tem espaços ... às vezes quebra ... mas você pode sempre corrigir ... com amor

Anne Lieri disse...

Beli,intenso e magnífico poema!Amei!Bjs,

disse...

Estava passeando e cheguei aqui.Lindo blog.
Bjos

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deixa disso... Ok! Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea