segunda-feira, 30 de abril de 2012

"O que vale na vida..."

Postado por Beli às 19:58 0 Engraçadinhos Links para esta postagem

"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada, Caminhando e semeando, no fim terás o que colher." 

Cora Coralina

"A paixão cheia de inocência..."

Postado por Beli às 07:12 0 Engraçadinhos Links para esta postagem
  
"A paixão cheia de inocência é quase tão frágil como qualquer outra" 
  Marguerite de Crayencour

domingo, 29 de abril de 2012

A verdade é que todo mundo...

Postado por Beli às 17:59 0 Engraçadinhos Links para esta postagem

 "A verdade é que todo mundo vai te machucar... você só tem que decidir em quem vale a pena dar um soco!"

Autor desconhecido
Fonte: aqui.

Conselho é aquilo que ...

Postado por Beli às 17:38 0 Engraçadinhos Links para esta postagem



"Conselho é aquilo que pedimos quando sabemos a solução, mas preferíamos não saber."

Autor desconhecido
Fonte: Aqui.

domingo, 22 de abril de 2012

Tirinhas do Calvin e Haroldo

Postado por Beli às 15:36 0 Engraçadinhos Links para esta postagem

Calvin e Haroldo é uma série de tiras desenhada por Bill Watterson.
Calvin é um garoto de 6 anos, muito esperto e criativo, cujo maior companheiro é Haroldo, um tigre que para o resto do mundo não passa de bicho de pelúcia, mas que mostra toda sua sabedoria e simpatia para Calvin... 


Trecho - Vinicius de Moraes

Postado por Beli às 10:14 0 Engraçadinhos Links para esta postagem

Trecho


Quem foi, perguntou o Celo
Que me desobedeceu?
Quem foi que entrou no meu reino
E em meu ouro remexeu?
Quem foi que pulou meu muro
E minhas rosas colheu?
Quem foi, perguntou o Celo
E a flauta falou: Fui eu.

Mas quem foi, disse a Flauta

Que no meu quarto surgiu?
Quem foi que me deu um beijo
E em minha cama dormiu?
Quem foi que me fez perdida
E me desiludiu?
Quem foi, perguntou a Flauta
E o velho Celo sorriu. 
 
Vinicius de Moraes 

VOCÊ É... de Martha Medeiros

Postado por Beli às 02:16 0 Engraçadinhos Links para esta postagem
VOCÊ É...

Você é os brinquedos que brincou, as gírias que usava, você é os nervos a flor da pele no vestibular, os segredos que guardou, você é sua praia preferida, Garopaba, Maresias, Ipanema, você é o renascido depois do acidente que escapou, aquele amor atordoado que viveu, a conversa séria que teve um dia com seu pai, você é o que você lembra.

Você é a saudade que sente da sua mãe, o sonho desfeito quase no altar, a infância que você recorda, a dor de não ter dado certo, de não ter falado na hora, você é aquilo que foi amputado no passado, a emoção de um trecho de livro, a cena de rua que lhe arrancou lágrimas, você é o que você chora.

Você é o abraço inesperado, a força dada para o amigo que precisa, você é o pelo do braço que eriça, a sensibilidade que grita, o carinho que permuta, você é as palavras ditas para ajudar, os gritos destrancados da garganta, os pedaços que junta, você é o orgasmo, a gargalhada, o beijo, você é o que você desnuda.

Você é a raiva de não ter alcançado, a impotência de não conseguir mudar, você é o desprezo pelo o que os outros mentem, o desapontamento com o governo, o ódio que tudo isso dá, você é aquele que rema, que cansado não desiste, você é a indignação com o lixo jogado do carro, a ardência da revolta, você é o que você queima.

Você é aquilo que reinvidica, o que consegue gerar através da sua verdade e da sua luta, você é os direitos que tem, os deveres que se obriga, você é a estrada por onde corre atrás, serpenteia, atalha, busca, você é o que você pleiteia.

Você não é só o que come e o que veste. Você é o que você requer, recruta, rabisca, traga, goza e lê. Você é o que ninguém vê.
 
Martha Medeiros
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deixa disso... Ok! Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea